segunda-feira, 13 de julho de 2015

E o fogão explodiu!

Na postagem anterior, relatei superficialmente que passamos um susto com um dos fogareiros.
Como a chuva estava brincando de esconde-esconde conosco, montamos a cozinha dos Podos na minha barraca (uma Quechua T6.2XLair) e estávamos utilizando 2 fogareiros - 1 Frontier da Nautika e outro similar porém sem marca conhecida - este último levado pela Pri e era utilizado por seu pai em pescarias.
Na manhã do sábado, sozinha na barraca, acordei antes de todos e comecei a providenciar o café da manhã (não tem jeito melhor que acordar com cheirinho de café).
Como estávamos em várias pessoas (deveria dizer vários dependentes de cafeína) coloquei duas chaleiras com água para ferver (cada uma em um fogareiro) e comecei a preparar o café.
De início ambos fogareiros funcionaram normalmente, sorte nossa que não costumo descuidar das "panelas", pois do nada o fogareiro da Pri começou a apresentar uma pequena chama onde não devia. Como tentamos demonstrar na imagem abaixo, a chama indevida começou no "respiro" onde o cartucho de gás se encaixa. Naquele buraquinho onde se vê o encaixe da válvula.


Pois então, ao perceber desliguei o fogareiro, porém isso fez com que a outra chama aumentasse e começasse a espalhar. Percebendo o perigo retirei rapidamente o fogareiro de dentro da barraca e coloquei do lado de fora na grama e fui buscar ajuda nas barracas da trupe.
O Nando e o Cris levantaram correndo e já pegaram o extintor de incêndio veicular, porém durante este processo (já com o extintor em mãos) o fogareiro que aquela altura estava totalmente em chamas explodiu.
Passado o susto, fotografamos para relatar a vocês e voltamos a nossa rotina.






É claro que mais uma vez ressalto a importância de prestar muita atenção ao utilizar equipamentos elétricos e à gás durante os acampamentos.
Apesar de apresentados como "seguros" o risco existe e, se somado a desatenção pode causar um grande acidente.
As grandes barracas servem muitas vezes para o preparo do alimento, e particularmente não sou contra (desde que observados a distância adequada do tecido e mantida a ventilação), porém nunca descuide de seu fogão ou fogareiro. Lembre-se de que o tecido da barraca é sintético e facilmente inflamável, então nunca deixe seu fogão/fogareiro em funcionamento sozinho.
Outra dica (que já demos aqui) é deixar seu extintor de incêndio veicular na barraca durante sua acampada, assim imprevistos como este serão fácil e rapidamente controlados, evitando maiores prejuízos, como ferimentos.
No caso da utilização de fogareiros lembre-se de destravar o cartucho de gás.
Outra coisa, que sempre vale relembrar, mantenha crianças longe destes equipamentos!
No mais, em caso de imprevistos procure manter a calma e analise a melhor maneira de lidar com a situação.
Abraços.
Camy&Podos

8 comentários:

  1. Que perigo ! Não é a primeira vez que fico sabendo deste ocorrido e fica a dica realmente de deixar um estintor perto e utilizar o fogareiro longe do tecido, se possível fora da barraca. Parabéns pelo post.

    ResponderExcluir
  2. Gente, que susto!!
    Ainda bem que deu tempo de retirar de dentro da barraca! Vale como ensinamento pra gente também!

    Abraços!!

    ResponderExcluir
  3. Ainda bem que foi só o susto. De fato é importante sempre ficar de olho nos fogareiros/panelas.
    Abração !

    ResponderExcluir
  4. Ainda bem que não aconteceu nada com os colegas, tbm tenho um fogareiro deste um Duo ceramika da nautika, e já pensei na possibilidade de ocorrer este tipo de acidente. A dica de manter o extintor por perto é muito válida.

    ResponderExcluir
  5. Gostei da dica de deixar o extintor dentro da barraca, nunca pensei nisso, obrigada.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Bom possuo um fogareiro idêntico e de marca não tão famosa, porém, nunca tive problema com ele nestes mais de 5 anos que possuo.
    Ao meu ver, pelo que entendi, ressalto 3 erros possíveis:
    1. Utilizar o fogareiro em local de pouca circulação de ar;
    2. Utilizar os dois fogareiros muito próximos um ao outro;
    3. Má colocação/encaixe do "cilindro" de gás no fogareiro.

    Como dito, seja em acampamento ou residencial, é sempre importante a atenção ao se mexer com utensílios elétricos e a gás!!

    ResponderExcluir
  8. Que sorte que não aconteceu nada amigo. EU possuo um destes que ganhei da patroa, sempre utilizamos ele longe da barraca, mas não é o primeiro relato de acidente, na próxima acampada serei ainda mais cuidadoso, ficarei em cima. Quando puder veja alguns relatos em http://rezenhando.wordpress.com

    ResponderExcluir

Você já sabe o que eu penso sobre isso, agora é sua vez de deixar sua opinião... deixa de ser tímido, escreve ai, afinal todo mundo gosta de uma conversa, mesmo que virtual!