segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Momentos Felizes

Já que esta semana comemoramos o aniversário da Lily e do Nizi, então em homenagem a eles postamos uma foto das antigas. A trupe da Podinha em sua primeira formação no comecinho da década de 80, durante uma acampada em Camburi das Pedras.



Podinha no Twitter

Agora você já pode conferir as novidades da trupe no Twitter!!!

Cozinha na Mochila

Amanhã 01/02/2011 sai do forno mais um site de interesse dos campistas.
O Cozinha na Mochila, traz a promessa de inovar as receitas campistas e nos surpreender!!!
Esperamos ansiosos até amanhã, quando o site finalmente entrará em funcionamento...
Pelo visto o reinado do macarrão instantaneo está no fim rs.
Acessem http://www.cozinhanamochila.com.br/ e bom apetite!!!

Bueno Brandão - Restaurante "O Cumpadi"

O Cumpadi, como o nome sugere é um Restaurante de comida típica mineira, no centro da pequena Bueno Brandão/ MG. Fica praticamente atrás da Igreja Matriz, na Rua do Café.
Chama atenção de quem passa na rua suas cores vivas e a decoração caipira.

Lá dentro o clima de “sítio” continua forte na decoração de excelente bom gosto.
O artesanato mineiro dá o tom e se junta às peças antigas interioranas e pra fechar com chave de ouro, clássicos da moda de viola muito bem selecionados, que sem agredir aos ouvidos ou prejudicar as conversas ajuda a compor o ambiente.
O centro das atenções é o fogão a lenha que tem lugar de destaque na decoração e, aceso, abriga e mantêm quentinha as delícias da cozinha mineira.
Para encerrar seu passeio pela “gastronomia da roça”, goiabada com queijo, doce de leite caseiro e aquele cafezinho que mineiro faz como ninguém.
Isso tudo regado a um atendimento quase familiar!
O restaurante aceita cartões e trabalha tanto no quilo quanto no “coma a vontade” rs.
Abraços.

Bueno Brandão – Centro da cidade

O centro da cidade é pequeno, porém, simpático.
Fica então algumas imagens:




 


domingo, 30 de janeiro de 2011

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Bueno Brandão - Cachoeira do Gustavinho

Durante nossa permanência na cidade a chuva não deu muita trégua. Sendo que houve dias em que choveu o dia todo.
Em nosso penúltimo dia o sol acordou disposto a nos conceder um passeio, então saímos para conhecer as tão faladas cachoeiras da região, ao menos aquelas mais próximas.
Resultou que a chuva nos pegou no meio do caminho, sendo possível apreciar apenas uma delas.
A Cachoeira do Gustavinho fica dentro do Camping do Sossego, e pra chegar até ele você encara uma estradinha de terra. Na verdade, pra chegar em qualquer uma das propriedades com cachoeiras você e seu carro vão enfrentar estradinhas de terra.
No Camping do Sossego, fomos recebidos pelo proprietário que explicou como chegar ao local da queda e da piscina natural.
É cobrada uma taxa de conservação de R$ 3,00 por pessoa.
A trilha para a cachoeira é bem curta e sem dificuldades.


Rapidamente avistamos a forte correnteza que antecedia a queda.


Alguns metros a frente já havia um tronco que improvisava uma ponte para chegarmos a cachoeira.
A água estava barrenta devido as chuvas constantes, então não nos entusiasmamos em entrar.


Descendo mais um pouco tem a piscina natural que em dias de sol deve ser bem legal.
Continuamos seguindo as indicações da trilha e chegamos em uma pequena queda d’água que estava mais limpa e com a água mais quente.
Não resistimos e acabamos tomando um banho.

Fim do passeio voltamos para a entrada do camping e fomos recebidos por quem? Adivinhou! Pela chuva, ainda bem que já estávamos molhados rs.

Pedro e a Vaca

Vocês conhecem a fábula do Pedro e o Lobo? Pois bem, esta é a história de Pedro e a Vaca...
Pedro estava viajando e durante um dia nublado resolveu dar um passeio de carro até o Mirante de Bueno Brandão.
Pedro dirigia seu carro alegremente pela estrada de terra esburacada pelas chuvas, quando avista um longo galho de arvore caído na estrada impedindo sua passagem e depois dele uma vaca chifruda com olhar psicótico!
Pedro olhava pro galho, depois para a vaca e pensava no Mirante.
Uma dúvida surgia:
Saio do carro, tiro o galho e encaro a vaca?
Tiro o carro, encaro o galho e saio com a vaca?
Encaro o carro, tiro a vaca e saio do galho?
Não é possível dizer quais os pensamentos da vaca, mas de certo ela também fazia uma avaliação de suas opções... seu olhar firme e penetrante transparecia isso.
Por fim nosso querido Panqueca permitiu que seus hormônios masculinos e os milhares de antepassados que falavam através deles prevalecessem.
Saiu do carro, encarou a vaca e liberou a passagem. Aguardou então que a vaca tomasse uma atitude e ela assim o fez... ruminando lhe deu as costas, passou pro outro lado da estrada e se embrenhou no mato.
Moral da história: nem todo mundo que tem chifres está disposto a usa-los!!!
Fim

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Itirapina - Cachoeiras

A cidade de Itirapina fica bem próxima de São Pedro. É lá que fica o Camping Saltão, nosso destino neste último final de semana.
O camping abriga 3 cachoeiras: Monjolinho, Saltão e Ferradura. Abaixo você confere fotos do nosso passeio até elas.
Uma dica para quem gostar e quiser visitar as cachoeiras:  faça as trilhas de tênis, pois elas são compostas em sua maior parte por pedras. Para chegar na Ferradura, por exemplo, você precisa caminhar em alguns momentos dentro da água. Leve uma pequena mochila com água, e se pretender curtir as cachoeiras por mais tempo um lanche rápido. Não esqueça o protetor solar, pois a água praticamente arranca ele rs!

Uma foto antes de iniciar a descida para as cachoeiras

Últimos metros da trilha

Cachoeira Saltão

Trilha entre Saltão e Ferradura

Cachoeira Ferradura

Hora do banho

Meninos macacos


Cachoeira Monjolinho



Mais que mil palavras

Um belo final de tarde em Bueno Brandão/MG. Este presente para os olhos anuncia o final de mais um dia de diversão!


Bueno Brandão - Mirante

Sempre que a chuva dava uma folga nós nos enfiávamos no carro para, ao menos, tentar fazer alguma coisa.
Exatamente nesse dia, a garoa ia e voltava, mas era o friozinho que estava incomodando.
Como não tínhamos muitas opções que não envolvessem água, resolvemos conhecer o Mirante por indicação da própria Bete.
A estrada pro Mirante passa ao lado do camping e é toda de terra. São aproximadamente 3 km de pura subida, dá pra ir caminhando inclusive, mas neste dia, com o vai e vem da chuva preferimos não arriscar (ainda mais que quando mineiro diz que é perto é melhor suspeitar rs).
Os últimos 100 metros de estrada tem bastantes pedras, se o seu carro for relativamente baixo aconselhamos encostar e cumprir esta última etapa do caminho a pé.
Lá em cima, apesar do vento forte, conseguimos admirar a belíssima vista de toda a região. O vale todo margeado por serras é composto por diversas tonalidades de verde, dando a impressão de uma gigantesca colcha de retalhos costurada pela natureza.

São estes momentos que nos fazem parar e agradecer a Vida pela oportunidade de contemplar essas paisagens e fazer parte delas!

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

São Pedro

 Aproveitamos nossa viagem pro Camping Saltão e fizemos alguns passeios, abaixo você acompanha nossas fotos e os lugares lindos que conhecemos!


Igreja no Centro de São Pedro

Camy e Beiba na praça da Igreja

Beiba e Doug na praça da Igreja

Mirante do Cristo na Serra de São Pedro

Aprecie a vista privilegiada
Do Mirante do Cristo você vê toda a região

Divirta-se...

... e aprecie!


Voltamos...

Olá amigos e seguidores!
A Podinha voltou de mais um acampamento, mas ao contrário do que havíamos divulgado, resolvemos em plena Rodovia dos Bandeirantes mudar nosso destino para o Camping Saltão em Itirapina.
A viagem foi linda, a paisagem na estrada é maravilhosa, os dias foram de sol intenso, muita alegria e diversão... piscina, cachoeiras, churrascos e risadas!
Nossa alegria só não foi total, pois descobrimos que a Marise e o Ricardo, os mais queridos amigos da Podinha, resolveram de surpresa nos encontrar no Camping Casarão enquanto nós estávamos pertinho da cidade deles. Depois desse furo resolvemos assumir um compromisso com todos nossos amigos físicos e virtuais: a Podinha vai cumprir com os cronogramas de viagem aqui publicados sempre e em caso de impossibilidade iremos postar as alterações!
Grande abraço a todos e ainda hoje colocamos algumas fotos desse delicioso final de semana!!!

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Bueno Brandão – Camping Pé na Trilha

Bueno Brandão é uma pequena cidade no sul de Minas Gerais, conhecida por “conter” mais de 30 cachoeiras.
É nesse pedacinho de terra e água que fica o Camping Pé na Trilha.
Antes de começarmos nosso relato sobre o camping cabe alguns comentários:
- por algum motivo desconhecido os GPS’s tem o péssimo hábito de não funcionarem em Inconfidentes e Bueno Brandão;
- se você estiver em SP indicamos o caminho por Socorro, é bem mais perto;
- se você optar pelo caminho de Jacutinga/ Ouro Fino, entre em Inconfidentes, pois Bueno Brandão é aproxima cidade;
- evite deixar coisas para comprar na cidade, achamos os preços um pouco elevados.
RECEPÇÃO
Não tem um espaço físico ao qual podemos nomear como Recepção.
Diferente dos campings que estamos acostumados, no Pé na Trilha você será atendido pela Bete ou alguém da família na própria casa.
Ali mesmo são preenchidas as fichas e efetuados pagamento. Por falar nisso, só em dinheiro.
O que falta no quesito paulista de estrutura sobra em carisma e boa acolhida. Nem a mais bem paga recepcionista te recebe daquela maneira tão carinhosa, quase maternal.
ÁREAS DE BARRACAS
Já acampou no quintal de casa? Acampar no pé na trilha é quase igual.
Próximo a casa dos proprietários ficam os dois locais para acampamento.
Uma área natural, gramada, com árvores somente nas extremidades. Não é muito extensa, mas dá pra brincar de acampar rs. Um ponto super positivo: há uma cobertura que abriga além dos banheiros uma área com geladeira, fogão, mesa com cadeiras, pia e churrasqueira.
A outra área de camping é coberta. Uma espécie de galpão com piso cimentado abriga campistas que fogem do sol ou da chuva, mas atenção para dias de vento, pois a barraca não fica “especada”. Ali também tem geladeira, pia, um balcão de madeira e um fogão à lenha enorme.
VOLTAGEM
O camping tem rede disponível de 110V.
Não esqueça a extensão.
BANHEIROS
São duas baterias.
Uma no camping natural, sendo 1 masculino e 1 feminino, com chuveiro elétrico e sanitário.
A outra bateria é na área coberta e é bem maior, sendo que os chuveiro tem aquecimento à lenha, proporcionando um banho delicioso. Sanitários, lavatórios e um espelho antigo fecham o conjunto.
Os banheiros estavam limpos e arrumados, mas lembre-se de levar papel higiênico.
LAVA LOUÇAS
Tanto a área natural, quanto a coberta possuem lava louças.
Ambos estavam limpos.
ESTACIONAMENTO
Bem próximo as áreas de barraca tem o estacionamento, então mesmo acampado você fica de olho no carro.
LAZER
O camping em si não dispõe de nenhum item de lazer, já que as cachoeiras da região são a grande atenção.
EXTRAS
Caso não queira acampar você pode ficar no chalé ou nos quartos que existem lá.
Se quiser, encomende com a Bete o legítimo pão de queijo mineiro, dizem que é ótimo.
ARREDORES
O camping fica próximo a estrada que leva ao Mirante e da rota para algumas cachoeiras.
Na cidade tem mercado, açougue e padaria.
Abraços a todos.

Redes de blogs campistas

Alguns meses antes de iniciarmos este blog, percebemos que haviam na net alguns outros com propostas parecidas. Fosse comentando equipamentos, descrevendo lugares ou apenas publicando memórias, todos acabavam conscientes ou inconscientes ajudando a fomentar a prática campista.
O mais interessante é que não há competição entre os blogs. Todos coexistem de maneira saudável e bastante amigável, sendo, inclusive, seguidores uns dos outros e assíduos comentadores. Com isso foi sendo criada uma rede de blogs campistas.
Quem ganha com isso? Você, que gosta de acampar e o próprio campismo, pois quanto mais veiculado e quanto mais adeptos, menores são as chances de campings fecharem e maiores são as marcas/empresas do ramo a se aventurarem pela terra tupiniquim em busca de uma fatia do mercado.
Convido vocês blogueiros campistas cuja página anda desatualizada a reaparecer. Se não anda acampando ultimamente, por conta de compromissos ou porque a grana encolheu ou a família esticou, pense bem, provavelmente você tem histórias engraçadas, imagens belas ou alguma filosofia campista pra dividir!
Chamo atenção especialmente para o Mulheres no Camping, um blog com um toque cor-de-rosa na barraca rs. Você mulher que acompanha a Podinha e tem histórias de acampamento pra contar, entre no Mulheres e ajude a mostrar que camping e batom combinam sim!
Vamos ressuscitar estes blogs e prestigiar os demais!

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Pegando a estrada

Olá amigos...
Mau desfizemos as malas e já estamos de partida novamente, desta vez para uma cidade que poderíamos chamar de velha conhecida, mas para um camping novo!
Estamos indo para Itu no Camping Casarão.
Saímos no sábado cedinho e só voltamos na segunda-feira (graças a imenda do feriado de aniversário de São Paulo).
Quem estiver a toa e quiser curtir uma acampada e um churras fique a vontade para aparecer!
Abraços a todos

Os números de nossa viagem

Antes de continuarmos com os relatos, vamos aos números de nossa odisséia campista.
Dizem que os números não mentem, e mais que isso, mostram as coisas sob outra perspectiva, então vamos a eles:
15 dias acampados;
03 estados;
05 cidades visitadas;
03 campings novos conhecidos;
01 camping revisitado;
1.600 quilômetros rodados;
600,00 reais gastos com hospedagem;
80,30 reais gastos com pedágios;
537 fotos tiradas;
16 vídeos gravados;
06 cachoeiras conhecidas;
03 rios cortados;
03 garrafas de vinho;
01 garrafa de vodca;
01 garrafa de tequila;
01 vareta de barraca quebrada;
01 espeque perdido;
0 churrascos (inédito)
No final os números refletem a contabilidade positiva e a sensação de satisfação que sentimos ao retornar!!!