quinta-feira, 27 de maio de 2010

São Pedro - Camping Gruta dos Anões

Sabe aquele ditado que diz que o que começa errado termina errado? Pois foi praticamente isto o que aconteceu conosco em nossa viagem para o Camping Gruta dos Anões na cidade de São Pedro (dessa vez somente eu e o Pedro iríamos).
Nossa correria começou no dia anterior a viagem; como somos um número razoável de pessoas nossas “tralhas” ficam guardadas um pouco em cada casa para não ocuparem muito espaço ou prejudicar as atividades do dia-a-dia, por isso passamos a tarde em nossa “via sacra” recolhendo os equipamentos, indo a supermercados e fazendo uma parada estratégica na Decathlon para uma compra de última hora (afinal mesmo campistas veteranos tem imprevistos... ou não resistem às novidades).
No dia da partida ainda tínhamos que fazer as malas, arrumar o carro e o mais difícil sair da Marginal Tietê antes das 17:00, porque para colaborar com o cronograma era dia da placa no rodízio municipal de veículos, mas se querem saber a real dificuldade não era executar as tarefas, a verdadeira dificuldade chama-se Pedro, que aparentemente tem aversão a cumprir com o horário.
Como vocês podem imaginar saímos sem muita margem de tempo e como a Lei de Murphy persegue campistas ainda pegamos transito e um desvio por obras no caminho, por fim entramos na Rodovia dos Bandeirantes às 17:15 (ficaremos em constante oração por 30 dias pedindo aos santos protetores dos atrasados que nenhum amarelinho tenha nos visto).
O que aprendemos com isso? Que não basta planejar a viagem (hospedagem, bagagem, alimentação etc), pois com o transito das grandes cidades o risco de imprevistos aumenta.
Ta achando que acabaram as trapalhadas? Calma ainda vem mais cabeçada nesta pequena viagem.
A estrada estava ótima, fizemos o percurso em um bom tempo e chegamos em São Pedro às 20:00. Tudo estava perfeito exceto que ao chegar na portaria tudo estava fechado e apagado. Antes que se questionem, ligamos duas vezes perguntando se o camping estaria aberto durante a semana e a funcionária disse que sim, o que ela não disse é que ficava aberto até as 18:00 para day camping e que para acampar fora do período de férias seria somente aos finais de semana.
Numa tentativa desesperada liguei para o telefone do camping e fui atendida pela Sandra que prestativamente nos ajudou a encontrar um local para passar a noite.
Deixo claro que não houve má fé por parte dos funcionários do camping. Aproveito para agradecer a gentileza da Sandra, sem ela não teríamos encontrado facilmente um lugar para pernoitar.
O mais triste dessa história é que a 2 anos estávamos planejando esta visita a Gruta dos Anões e infelizmente vai ficar para a próxima!
Até a próxima
Camila

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você já sabe o que eu penso sobre isso, agora é sua vez de deixar sua opinião... deixa de ser tímido, escreve ai, afinal todo mundo gosta de uma conversa, mesmo que virtual!